10 / O MELHOR DO SER HUMANO

Solavanco pela estrada
Onde ninguém enxerga nada
eu vejo um bom futuro
por mais duro que seja esse país

Sempre fui de dar risada
mesmo quando a gurizada
pegava no meu pé
Sempre tive fé que o bom é ser feliz

Me encontre praquele café
falemos de nós, de sonhos e planos
Eu sei, tudo tá meio ruim
Tanta gente que vem com cada papo estranho…
Mas de algum jeito vai
quando espreme sai
o melhor do ser humano

Vem comigo pra padoca
Põe de lado essa engenhoca
drone, smartphone, clone, adicione
estacione até descongestionar

Mídias anti-sociais
Todo mundo só quer mais
eu quero menos tudo
meu escudo é um desejo de paz

Me encontre praquele café
falemos de nós, de sonhos e planos
Eu sei, tudo tá meio ruim
Tanta gente que vem com cada papo estranho…
Mas de algum jeito vai
quando espreme sai
o melhor do ser humano

Sou irremediavelmente otimista. Acredito na bondade como sinal de inteligência.

Acredito que todo tipo de desavença, das menores às maiores, são fruto das inseguranças que adquirimos ao longo da vida, são consequência da mera desconexão nossa com uma fonte primordial de energia. Que sim, nos machucamos muito nessa existência, por incontáveis gerações, mas somente porque esquecemos quem somos, e ficamos tentando resgatar essa energia primordial uns dos outros, em vez de ir direto à fonte. Em época de gadgets eletrônicos, é como se tentássemos carregar nossos smartfones somente através das baterias de outros aparelhos, quando poderíamos ligar direto na tomada.

Fiz essa música buscando simplicidade harmônica e o arranjo como se fosse um quebra-cabeças rítmico de guitarras.

Para esta letra, contei com a privilegiada contribuição da minha amada Michelle. Como é um discurso claro, que creio traduzir concisamente minha ideologia de vida, nada melhor que alguém que me conhece tão intimamente para me ajudar a por no papel essas ideias.

FICHA TÉCNICA:

Composição de Mauro Motoki e Michelle Ballon.
Produzido e gravado por Mauro Motoki na Colméia.
Todos os instrumentos por Mauro.
Mixagem por Luciano Tucunduva.
Masterização  por Arthur Joly na Reco-Master.
Retrato por Michelle Ballon.
Montagem gráfica por Mauro Motoki.
Tipografia e identidade visual por Edu Filomeno.

EM MEMÓRIA DE PATRICK (16/01/2005), EXEMPLO IMPECÁVEL DE BONDADE.

Deixe uma resposta